sexta-feira, 17 de maio de 2019

TÚNEL DO TEMPO

“Hello”, meus amigos do túnel do tempo... Estou novamente em ação em meus projetos a relembrar e enaltecer colegas, e a um passado inesquecível não muito distante, assim!
    O tempo, brilhante e digno, que nos forjou numa geração de personalidade, que nos lapidou e nos capacitou a trilhar em um mundo futuro de aventuras promissoras com características do mínimo a se esperar de um verdadeiro “gentleman” na acepção da palavra... Estou assim dessa forma a me fazer entender, pois estou nessa oportunidade postando uma saudosa foto que traz em seu bojo personalidades a quem pretendo exaltar.
    Como um dos exemplos desses personagens, destacaria “João Carlos Caetano” de famílias tradicionais de nossa região (Caetano e Meller), Cirurgião odontólogo hoje radicado em Florianópolis... Bem amigos, esse registro foi um flagrante tomado em um jogo do primeiro campeonato sub-vinte em nossa cidade, Criciúma-SC. Jogo este, entre dois ferrenhos rivais, nos primórdios dos anos sessenta. Comerciário do centro e Botafoguinho, do “ex” vinte cinco, hoje bairro São Cristóvão.
    Vamos ao lance da foto: é o registro de uma intervenção arrojada do nosso goleiro Adriano, (carinhosamente chamado de “paredão do bacharel”) sob os olhares fulminantes do rápido centro-avante Caetano, também conhecido por “El matador”... Estamos nesse flagra!... Quatro jogadores nossos: Adriano, Bíju, Luiz Leite e Peixe... Eles: Caetano, Sabará e Táti... O quarto não consegui lembrar. Comerciário, camisas brancas. Botafoguinho de camisas listradas.
    Pois é amigos, mais um momento que foi, mas ficou em nossas mentes e em nossos corações. (Rapaziada, “coragem em cima do medo”, já diria uma ovelha acuada por uma matilha de lobos. “Não está morto, quem peleia!”). Aos colegas e amigos, minhas considerações e meu apreço. Queiram me bem que não a ônus. Um abração até mais!
Luiz e. Leite, 16/05/2019.           

sexta-feira, 10 de maio de 2019

TÚNEL DO TEMPO


Meus amigos do túnel do tempo. O logístico espaço-tempo, passa em nossas vidas como nuvens voláteis que são dissipadas pelas incessantes intempéries movidas por uma atmosfera intransigente. Porém os percalços e as soluções nunca estão muito distantes de si. É nesse momento que nosso cérebro; sublime aliado; entra em ação com eficiência, provendo o antídoto específico e eficaz: “nossas mentes com suas lembranças imortais”. Mais ainda quando monitorada pela real máquina do tempo... A fotografia. Bem, estou a digitar essas palavras para ver se melhora o brilho dessa foto além de preta e branca ofuscada e maltratada pela inclemência do tempo. Que Flagra um inédito momento de uma juventude esperta que se houve em destaque nos anos sessenta, aqui por essas plagas.
     Bem, chega de “che nhem nhem" e vamos aos fatos: estamos nos primórdios da década de sessenta em pleno verão, numa tarde noite no clube; em nosso recém-criado queridíssimo “City Club” ainda em seu primeiro endereço... R. Rui Barbosa, centro, ao lado hoje do Bradesco. Bem, vamos aos mocinhos alegres: E/D Luiz Leite, Odilon leite e Miltinho Carvalho... Não pode faltar um pouco de descontração! Só para suas orientações, contam as más (ou boas línguas), que esse era um trio além de consagrado, muito requisitado e inconfundível que abalou estruturas e dilacerou muitos corações apaixonados!
    Pois é amigos, brincadeiras à parte, o que passou, passou! Estamos hoje no prelúdio do ocaso e sinto com muita resignação que meus traços joviais já não existem mais. A mão cruel do tempo apagou... Porém, permanecerá muito viva até aos últimos instantes a chama da tempera imutável de meu caráter de aço!...
      Amigos, gratos por suas paciências, queiram-me bem que não a ônus. Abração a todos! Luiz E Leite, 09/ 05/2019.            

terça-feira, 9 de abril de 2019

Homenagem a minha primeira professora.


Quero nesse momento oportuno com muito orgulho e satisfação, trazer ao conhecimento de todos esse gratificante e inédito episódio que aconteceu comigo hoje às 9:38hs, em plena praça Dr. Nereu Ramos, o qual irei catalogar em minhas memorias até o infinito de minha realidade... Foi um encontro ocasional com um ser humano ímpar, que eu já havia perdido a esperança em um dia poder ocorrer. Ledo engano! Devo humildemente muitas gratidões, a quem com carinho e amor; atributos que lhe são peculiares; participou muito ativamente no limiar do meu primeiro saber. Aquele menininho franzino porem muito esperto e inteligente de seis anos nos idos de 1948, dá início aos seus anos escolares no então grupo escolar Humberto de Campos, aquele ali pertinho do Marista.
    Estou relatando esse fato para emoldurar com estilo o nome de “Gilda Benedetti”,  minha primeira professora. Hoje me sinto realizado, pois senti a satisfação, depois de setenta e um anos de ausência, de ter um encontro ocasional! Foi emocionante quando depois da surpresa dei-lhe um fraterno braço forte e um beijo... Dona Gilda, com uma longevidade e vitalidade de causar inveja; lúcida, falante, alegre e feliz; me emocionou. Minha professora e amiga... Quem possui esses privilégios não são em vão! É por que faz jus. Parabéns, dona Gilda! Por sua causa também tenho condições de estar redigindo esse texto.
      Aproveito o gancho e parabenizo todo o corpo docente que em seus árduos trabalhos trocaram as trevas de nossas originalidades, pela luz do saber. Assim proporcionando a cultura, base fundamental de nosso desenvolvimento, hombridade ética e moral. É isso!... Grato a todos e um grande abraço!
      Luiz e. Leite, 08/04/19.

sexta-feira, 23 de novembro de 2018

SOMOS UMA SÓ NAÇÃO, TODOS BRASILEIROS

Amigos! Oposição, para quem não sabe o que é. Significa antagonismo. Em democracia é um direito e um elemento imprescindível a livre manifestação do pensamento, e o direito à liberdade de pensamento e expressão de opiniões. Ela deve ser regida também dentro de um estado consciente e humano.
     A oposição que ora assume no Brasil, não pode esquecer esses detalhes. Porém, tem sim, que atuar cumprindo suas obrigações e seus direitos que a constituição lhe outorga. Um lembrete que por certo vai lhes auxiliar: não esqueçam de fazer um trabalho de oposição inteligente sem ódio, radicalismo, mentiras e até invocação do diabo. Isso soa como desespero, que nunca funcionou e não funcionará. Precisará também não fechar os olhos, usar um bom filtro e não radicalizar a tudo e a todos na base do quanto pior melhor. Isso é um desserviço que só vai prejudicar o cidadão e atrasar o desenvolvimento da nação. Será isso que se deseja? “Vamos dar a Cesar o que é de Cesar, e a Deus o que é de Deus”. É hora do raciocínio coerente.
    A oposição cometeu mais erros que acertos por isso foram julgados por quem sofreu as consequências na carne. Seus erros foram alarmantes deixando chagas profundas que necessitaram anos de muito trabalho para cicatrizar. Gostaria de lembrar ainda que o exemplo sirva de lição ao próximo governo. O brasileiro inteligente é paciente e ordeiro, mas tem memória e não é otário. Outrossim, lembre-se: Os votos que levaram a esquerda ao poder foram os mesmos que a destituíram, e serão os mesmos que irão sacar o próximo governo, caso não se comporte digno e democrático como a nação exige.
      Em terras democráticas ninguém se perpetua no poder desviando-se do caminho da dignidade e da moral ética. Em meu caso jamais serei conivente com qualquer que seja o governo agindo dentro de desgoverno e corrupção. Vamos fazer votos que o próximo governo tenha muito mais acertos que erros, mesmo porque perfeição não existe. Não tenho Queridinho de plantão. Em minha consciência farei avaliações sem dolo e não hesitarei em corrigir meu erro, se for o caso. Eleições passam, outras virão, a vida segue, o mundo não acaba... Por que o ódio, mentiras e desespero?
    O trajeto mais curto e rápido para o sucesso é a “Verdade e honestidade”. Essa filosofia se encaixa na vitória e na derrota. Política não deixa de ser uma caixa de pandora oscilante. Espero ter me feito entender. Obrigado pela paciência de sua atenção. Grato. E um abraço a todos.           
  Luiz E Leite. 23/11/18
            

sexta-feira, 19 de outubro de 2018

UMA BREVE REFLEXÃO

Amigos, vou tomar a liberdade de adentrar em seu precioso espaço de tempo por uns breves segundos. Para raciocinarmos juntos e só assim tentarmos talvez entender a falsidade do PT que nessa reta final das eleições devido ao espectro da derrota batendo em sua porta, desesperados, abandonam seus ideais social-comunistas adentrando a um terreno pantanoso de mentira enaltecendo e interagindo com a religião e a democracia.
   Mostram assim, seu completo descompromisso com a verdade, e a desonestidade explícita que reina entre a esquerda. Para quem não sabe darei um pequeno flash sobre comunismo democracia e religião.
     A palavra comunismo foi usada pela primeira vez em 1827, por Robert Owen! Um grande marco da história do comunismo aconteceu em 1917, através do evento da Revolução Russa, onde foi criada a extinta “URSS”, o berço e maior núcleo do comunismo que não se sustentou, e implodiu, em 1989. Quatro sustentáculos do comunismo: Karl Marx, Rosa Luxemburg, A. Gramsci, V. Lênim, e Stalin. A antiga União Soviética, foi o mais bem-sucedido projeto de estado ateu comunista, que durou 62 anos.
    Um dos fatos mais importantes no mundo do comunismo é ser incompatível com religiões e democracia. Em todo os tempos, segundo a teoria de Marx não é possível ser, cristão democrata e comunista ao mesmo tempo, já que o conceito do comunismo, religião e democracia são mutualmente excludentes, ou incompatíveis.
    Amigos, por isso na boa fé, acreditando em falsas promessas o povo brasileiro foi ludibriado no início, mas ainda em tempo de abrir os olhos. Essa foi uma prudente lição, que jamais devemos esquecer. No dia 28/10/18, vamos colocar o veículo no rumo certo, e seguir nosso destino, que temos direito e merecemos. E fazer votos para que nossos adversários revejam seus conceitos e no futuro sejamos menos radicais, e passemos a lutar por um único ideal: a bandeira verde, amarela, azul e branca com Ordem e progresso. Para louvarmos nosso querido brasil!...
Um abração a todos. 18/10/18...           

terça-feira, 16 de outubro de 2018

Resposta A Luiz Fernando

Olá, amigo Luiz Fernando. Seres racionais como somos, sempre em polêmica houve e haverá adversidade, nesse caso, em busca da verdade. A sempre uma verdade na mente de cada concepção dos oponentes. Por isso mesmo debatendo o bom combate dificilmente vamos chegar a um denominador comum. Buscamos muitas vezes a verdade por linhas diferente em busca de nosso objetivo. Por essa razão existe o livre arbítrio que nos proporciona esse direito Incontestável. Outrossim, se estamos nos digladiando no bom sentido, em prol da verdade democrática, estamos seguindo o mesmo ideal. Parabéns para nós. Nosso objetivo é sempre o bem... Vamos seguir juntos essa longa jornada!... Amigo queira me bem, que não há ônus! Até mais. Agora por estar nos USA, me dirijo a você assim... A Hug, friend, see you later... 

quinta-feira, 4 de outubro de 2018

A luta pela liberdade sangra.


 Minha opinião.

Olá amigo, Luiz Fernando. Como estais? Foi um prazer receber sua mensagem, você está com elogiosa lucidez em sua tese, dentro de uma lógica coerente. Comungo com suas teorias sem restrição ou questionamento. Amigo você sabe que estamos para decidir um momento decisivo em nossa história política e de sobrevivência. Nosso país foi tomado de assalto por uma milícia comunista em vias de se implantar e perpetuar-se no poder. Por isso estamos engajados em um esforço sobrenatural para eliminar esses futuros ditadores. Que usam todo tipo de fake News e violência, como um covarde atentado a faca com o maléfico intuito de tirar da disputa o candidato opositor que está disparado na pesquisa. Amigo, é com esses tipos de cidadãos que estamos envolvidos. Em seus currais eleitorais, compram votos dos pobres, miseráveis e menos esclarecidos. Estão soberbos em dinheiro pois em treze anos de poder, limparam os cofres da nação com uma corrupção nefasta e jamais vista em todos os tempos. Vamos lutar até o fim, com as armas que Dispomos nas redes sociais, está surtindo grande efeito. Podemos eleger nosso candidato já no primeiro turno. “Jair Messias Bolsonaro”. O Luiz, seu pai, está engajando conosco nessa batalha. Amigo, nosso objetivo na realidade não é necessariamente o nome do candidato e sim nos livrarmos desse regime corrupto e assassino que está destruindo nosso pátria amada brasil, e oprimindo nosso povo! Quero te salientar que essa gente chegou ao poder também com o meu voto, não podemos ser cegos, sempre é tempo de corrigir nossos erros, quando acharmos necessário... Essa é a minha opinião!  Foi um grande prazer dialogar com meu sobrinho “Luiz Fernando Vieira”! Um forte abraço, amigo... love you...